Basilisco


Mudança de endereço

Estou deixando o odioso zip.net. Maldito zip.net. Se tiver curiosidade, me encontre em:

eunemqueriamesmo.blogspot.com

E convido a todos a fazer o mesmo e sumir do uol.



Escrito por Basilisco às 01h10
[   ] [ envie esta mensagem ]




Se estiver enjoado de Conan, the barbarian, e a era hiboreana, experimente Conan, the librarian. Paródia divertida.

Escrito por Basilisco às 22h51
[   ] [ envie esta mensagem ]




A vida

          

Escrito por Basilisco às 16h25
[   ] [ envie esta mensagem ]




 

Não me incomodo com o fato de existirem tantas vagas de estacionamento para deficientes, o que não suporto é que são sempre as melhores. Aliás, o número de vagas para deficientes deve ser parte de uma política de incentivo.



Escrito por Basilisco às 00h49
[   ] [ envie esta mensagem ]




Oh! dr. Kinsey! (2) (atualizado)

- ...e eu não sei por que vocês homens têm mamilos.
- Acho que deve ser um recurso adaptativo, a carta na manga da vida.
- Que nem o peixe-palhaço japonês.
- Mais ou menos, sim. O traveco, por exemplo.
- Mas traveco não vira mulher.
- Sim, mas deve ser um ensaio evolutivo da natureza, se não fosse pelos mamilos acho que os travecos nem tentariam ter peitos, nem ser fisicamente femininos. Talvez, no futuro, nossos netos sejam todos fisicamente bissexuais por questões adaptativas.
- Mas... os travecos são o futuro?!?
-Diria que são um "teaser".
- ...
- ...
- Você... não está querendo me dizer mais nada com isso do que só isso, né?
- Fique tranqüila.



Escrito por Basilisco às 23h58
[   ] [ envie esta mensagem ]




Vida de drosófila

 Todo dia nasce um clássico, todo dia termina uma era, todo dia se elege a mulher mais bonita do mundo, todo dia um manual definitivo, todo dia é a véspera do apocalipse.

Escrito por Basilisco às 23h52
[   ] [ envie esta mensagem ]




The price you pay


LIL’ EVER-EATIN’ PIG THOUGHT IT’D GET AWAY WITH IT?


Escrito por Basilisco às 00h00
[   ] [ envie esta mensagem ]




Pais que têm orgulho em admitir que os filhos os superam (em geral em relação a coisas estupidamente fáceis) merecem mesmo ser superados e dominados por eles.

Escrito por Basilisco às 23h58
[   ] [ envie esta mensagem ]




Die happy

Supremo de frango

Ingredientes:

- 5 peitos de frango inteiros (tente comprar peças inteiras, rendem obviamente porções mais generosas e são melhores de rechear). Cada peça deve ser separada em dois bifes
- uma embalagem de 250 g de Requeijão cremoso (use o catupiry com a embalagem plástica, é mais pratico para rechear)
- uma embalagem de 300 g de farinha para empanar Yoki
- 200 g de presunto
- um litro de óleo

How to:

1. Pegue o peito de frango inteiro, separe em dois bifões e limpe bem (retire aquelas coisinhas brancas). Faça uma abertura profunda no meio da peça sem separar as metades, para colocar o recheio dentro. A carne deve ficar com o sugestivo formato de uma ”concha” (junte suas mãos e abra os polegares para ver como deve ficar). Não erre o corte, se furar a carne no meio o queijo pode vazar na fritura. Não é necessário temperar o frango, mas se você se sentir muito tentado tempere levemente só por dentro.

2. Coloque duas fatias de presunto, uma sobre a outra, esprema a embalagem do queijo ao longo das fatias, se fosse enfeitar um bolo. Faça um rolinho, e meça sobre a carne o comprimento do que pode ser colocado dentro dela. Corte o tamanho que você acha que cabe e veja se consegue fechar o bife bem (para empanar e fritar sem abrir).

3. Bata dois ovos num prato, coloque ao lado deste outro prato com a farinha. Passe o bife com cuidado no ovo, depois empane. A embalagem da farinha diz que não precisa de ovo, mas ele ajuda a fechar a carne, e a empanar melhor.

4. Coloque o óleo (3/4 do litro) em sua maior frigideira, ou em uma panela rasa, e deixe ficar bem quente. Pouse o bife usando uma espumadeira (ou escumadeira, depende da região que você mora). A intenção é só dourar, a carne vai atingir o ponto no forno. Você pode colocar um dente de alho no óleo, queima menos a farinha (pode ser apenas superstição minha). Retire o bife do óleo e coloque sobre um papel toalha para retirar o excesso.

5. Leve ao forno pré-aquecido por 15 minutos, fogo alto. Convém partir um deles um pouco antes para ver como ficou, o tempo varia conforme o forno.

6. Pronto! Sugiro uma salada para acompanhar, vinho branco e alguém que mereça a trabalheira que você acabou de ter. Você nem vai precisar de um avental Kiss the cook. Envie agradecimentos e dúvidas para basiliscoblog@yahoo.com.


Escrito por Basilisco às 23h21
[   ] [ envie esta mensagem ]




...



Apresento a você, leitor, minha gastrite, que se diverte mais nos lugares onde antes eu me divertia (restaurantes, choperias, seção de chocolates).



Sábado de tarde, trégua breve antes da cerveja.

(perceba que a preguiça, este titã, me impediu de terminar a tv)


Escrito por Basilisco às 00h35
[   ] [ envie esta mensagem ]




Preacher

E por falar em versões de Deus, terminei de ler Preacher. Caso você não conheça, é uma ótima HQ, muito bem escrita, mas desaconselhável para pessoas que têm bom gosto demais. É escabrosa de modo geral, os personagens sofrem deformidades e mutilações o tempo todo, há bizarrice, toda sorte de perversão e banhos de sangue, mas há também uma bela história de amor e amizade no meio da salada e, claro, o principal elemento da trama, uma busca para acertar as contas com Deus (um velho marombado que brilha amarelo), que abandonou o céu e todo mundo. Entretenimento garantido.


Escrito por Basilisco às 01h10
[   ] [ envie esta mensagem ]




His misterious ways

O melhor de Deus são as ficções. Uma quantidade gigantesca de boas histórias foi escrita nos últimos 500 anos em que há, pelo menos, alusão a algum conteúdo religioso, quando não são claramente sobre o assunto. A literatura e o cinema devem muito a Deus e ao Diabo, assim como a escultura, a pintura, a música, a HQ. Enfim, é uma mitologia riquíssima (embora eu simpatize mais com a dos mesopotâmios), e é incrível pensar que é uma mitologia viva com milhares de praticantes vivos. Melhor que repetir as velhas e rasas discussões sobre a existência de Deus, ou o que acontece depois da morte, é ilustrar ou contar uma versão qualquer.
Deus deve ter criado o homem para ficcionar sobre Ele.


Escrito por Basilisco às 01h09
[   ] [ envie esta mensagem ]




Prenúncio do caos 2

Em Franca (interior de SP) há uma associação para pessoas altas, que se sentem desrespeitadas porque o mundo não respeita suas proporções, você pode se filiar se quiser, é só se sentir incomodado com a estatura, há gente entre 1,80m e 2,20m.
Em outros lugares anões brigam por espaços que respeitem sua estatura e facilitem seu cotidiano, uns lutam para serem respeitados pela sociedade (esta idéia misteriosa) que lhes impõe condições ditas humilhantes, outros lutam pelo direito de continuarem sendo arremessados e ter piadas feitas com eles. O movimento gay se divide em grupos menores, porque uns veados bem casados não podem se associar a profissionais do sexo num mesmo grupo sexual. As discussões sobre justiça social e outras coisas sociais continuam, infinitas. A prole de tanta consciência são quasímodos como a política de cotas, ONGs que favorecem grupos raciais, ou de características minoritárias, o governo que investe cada vez mais em questões sociais que diz ser de sua responsabilidade. O panorama geral de tanta boa vontade e “atitude” é a geração e fortalecimento de pequenos grupos que se estranham entre si, e dissidência e desacordo entre as minorias internas. Talvez fosse melhor se nos preocupássemos menos em respeitar o outro, ou a cor, o tamanho, o sexo, o dinheiro dos outros.

Se me pedissem até ontem uma aposta para o novo apocalipse, eu diria que o mundo acabaria em reggae, a luxúria na figura de uma lasciva e feia mulher gigante pulando, quando bate o pé no chão, trocando de perna, cai de baixo de sua saia uma chuva de cancro mole e condiloma acuminado. Hoje acho que vai acabar em respeito.


Escrito por Basilisco às 02h03
[   ] [ envie esta mensagem ]




House of flying daggers


Vá ver O clã das adagas voadoras, é um filme de ação excelente e uma história de amor linda, e belíssimo visualmente. É melhor do que todas as porcarias do Oscar, ou os filmes pseudo-qualquer coisa, com mulheres lindas sendo violentadas (como o repulsivo filme-cabeça Irreversível), ou aqueles emocionalóides que se esforçam em fazer o espectador chorar (Closer).

Aliás, o oriente tem batido o ocidente também nos quadrinhos há muito tempo. No completo deserto que as bancas de revista oferecem com as porcarias de sempre, com os mesmos heróis de cueca por cima da calça, “fodões” incapazes de matar uma mosca (qualquer Sailor Moon mete mais medo que Wolverine), o que há e melhor em narrativa, em arte e personagens com profundidade são os mangás. As coisas notáveis da HQ ocidental estão nos sebos há muito tempo, para quem tiver a sorte de encontrar.

O oriente tem muito mais a oferecer do que discussões bobas sobre o tamanho dos olhos.


Escrito por Basilisco às 01h39
[   ] [ envie esta mensagem ]




Oh, dr. Kinsey!


- ...e contou de uma paciente dela, obesa mórbida, que reclamava que o marido não tinha mais tesão. Também, imagina...
- Lembra aquela história que eu te contei, de não-sei-quem que tinha uma vizinha obesa mórbida, que tinha umas práticas sexuais alternativas com o marido?
- Como era mesmo?
- Ela acabou soltando em uma conversa que ele não conseguia mais“encontrá-la” do modo regular, e, para dar um jeito, ele punha o foguetinho embaixo do braço dela, e mandava bala.
- Irk, comia o sovaco dela?
- Ou mais para baixo, mas era por ali.
- Ai, que doente.
- Não é lá um troço ortodoxo, mas doente não é.
- Como assim?!
- Por exemplo, o Hotel California, da música.
- Hum.
- O comum em inglês seria California Hotel, como Plaza Hotel. Mas a música popularizou a outra forma, invertida. Se você fizer isso com Hotel Plaza soa mesmo anti-natural, esquisito, porque não se está acostumado.
- Daí...?
- Bem, acho que comer o sovaco dos outros é como dizer Hotel Plaza. Não é uma prática comum, mas não é errado.
-...
-...
- Se você olhar esquisito para o meu braço eu largo você.
- Já parei.


Escrito por Basilisco às 13h25
[   ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
  01/08/2005 a 31/08/2005
  01/07/2005 a 31/07/2005
  01/06/2005 a 30/06/2005
  01/05/2005 a 31/05/2005
  01/04/2005 a 30/04/2005
  01/03/2005 a 31/03/2005
  01/12/2004 a 31/12/2004
  01/11/2004 a 30/11/2004
  01/10/2004 a 31/10/2004


Outros sites
  alexandre soares
  algo de inútil
  contos licenciosos
  enfant
  erebo
  petronas
  radamanto
  ruivinha
  santo agostinho
  wunderblogs
Votação
  Dê uma nota para meu blog